te encontro no quilômetro 44


Às vezes penso que, hoje em dia, a gente já nasce com o coração partido: ou tem aquela ânsia incontrolável de amar desesperadamente, ou se torna apático a qualquer possibilidade de envolvimento afetivo... Achamos que numa relação, ou se joga de cabeça, com os olhos fechados e as mãos às costas, ou não se molha nem o dedinho do pé.


Ler o artigo completo

Original Website: obvious